Pesquisar este blog

terça-feira, 4 de março de 2014

Sombra e água fresca.

     Incrível como estamos nos tornando cada vez mais pessoas que agregam coisas desnecessárias ao seu dia a dia com a desculpa de querer facilitar a vida. Que necessidade é essa de querer facilitar tudo? Será que, definitivamente, não podemos encontrar um pouco de dificuldade em nossa vida diária? Tudo precisa ser fácil ou facilitado o tempo todo?
     Eu não tenho resposta para essas perguntas. Mas creio que este não deve ser o caminho mais certo. A partir do momento em que buscamos, e muitas vezes encontramos essas facilidades prometidas nas muitas propagandas  que recebemos à toda hora, perdemos totalmente o interesse e passamos a desejar outras facilitações.
     Daqui a pouco não vamos mais querer levantar da cama de manhã sem querer fazer o menor esforço para nada. Ficaremos o dia inteiro deitados esperando que as nossas vontades sejam plenamente atendidas. Pois é essa a vida que estão nos oferecendo por: aí. Ou seja, deixa que fazemos tudo para você não ter a menor preocupação ou precisar fazer o mais ínfimo esforço.
     Espera aí. Isso é vida? E onde fica a nossa capacidade de resolvermos os problemas por nós mesmos? Onde  ficam as nossas iniciativas? Não podemos deixar que nos transformem em amebas. O homem é autossuficiente . Temos capacidade de nos virar, como se diz no popular.
    Além disso, nosso corpo pede movimento. Precisamos nos agitar, nos mexer. Chega dessa "lei do menor esforço" visando apenas a vadiagem. O sonho da vida mansa e água fresca é um sonho bom, mas não precisamos levá-lo tão ao extremo assim.
    Ainda vale à pensa levantar de manhã e, à moda dos nossos ancestrais, sair para caçar. No bom sentido, é claro. Até porque, para ter tudo o que andam nos oferecendo por aí, é preciso ter dinheiro e para ganhar dinheiro ainda é preciso trabalhar. Ou não?

Nenhum comentário:

Postar um comentário