Pesquisar este blog

sexta-feira, 16 de março de 2012

Pequenas ações, grandes resultados,

     Quando Neil Armstrong esteve na lua (há quem duvide) ele proferiu aquela frase que ficaria famosa: "um pequeno passo para o homem, mas um grande passo para a humanidade". Acreditando ou na não na ida do homem à lua, o fato é que a frase trazia em si muito de profético. De lá para cá a humanidade tem caminhado a passos largos no que diz respeito aos avanços tecnológicos. Dá até a impressão de que o tão aclamado "futuro" já chegou e que estamos vivendo uma realidade que há tempos mal poderia ser imaginada.
     Exageros à parte, não se pode negar que a cada dia temos nossas vidas melhoradas pelos inventos trazidos no bojo das viagens pelo espaço. Viagens essas, nascidas da cabeça de uma turna que até pode ser vista como meros visionários, mas que, sem eles, provavelmente ainda estaríamos no tempo da pedra lascada ou nem teríamos saído da caverna.
     Porém, mesmo com todos os exemplos que temos agimos como se nossas ações não representassem nada, como se estivéssemos "sozinhos no mundo" e que, se nossos atos tivessem alguma implicação, os únicos atingidos seríamos nós mesmos. Só que, infelizmente, isso não é verdade. Nossas pequenas ou grandes ações têm sempre um resultado positivo ou negativo sobre nós e sobre àqueles com os quais convivemos. Cada gesto nosso, por menor que seja, tem um fim, um destino. Nada é em vão.
     Sei que você dirá que isso já foi dito muitas vezes e exaustivamente. É verdade. Muitos antes já disseram isso, mas as pessoas continuam teimando em pensar que seus atos e ações caem no vazio, que nada tem a menor importância.
     Para que mudemos esse nosso velho paradigma é preciso que nos voltemos para nossa própria vida. Muitos de nós reclamamos que nossas vidas estão paradas, que não conseguimos alcançar nossos objetivos, que o mundo parece estar contra nós, que não temos sorte com nada e mais não sei o quê. Pois é isso mesmo.  Aos invés de partirmos para tomar pequenas e acertadas atitudes que vão nos levar à conquista daquilo que necessitamos, partimos para querer dar grandes saltos que além de não nos levar ao destino pretendido, ainda pode nos deixar de perna quebrada.
     Viver um dia de cada vez. Valorizar as conquistas do presente sem perder de vista o passado, lugar onde ficaram as experiências boas e ruins, mas, sem dúvida, importantes para nos posicionar agora e no futuro. Esse, sim, construído com nossas atitudes presentes e pretéritas. O passo que damos hoje nos leva até o amanhã. Assim, não é difícil saber porque estamos aqui e agora e imaginar onde chegaremos amanhã.