Pesquisar este blog

domingo, 10 de janeiro de 2016

Quem morre vira anjo?

Resultado de imagem para imagens de santos e anjosNão sei bem se esse é o melhor assunto para começar o ano, mas eu escuto tanto se falar de pessoas que morreram e se transformaram em estrelinhas cintilantes ou que estão céu olhando pelos seus entes queridos que ficaram na terra que achei pertinente falar sobre isso neste primeiro post do ano de 2016.

Em primeiro lugar, desejo que todos, independente de como tenha sido seu 2015, tenha em 2016 o melhor ano de suas vidas. Sabe aquela coisa "muito dinheiro no bolso e saúde pra dar e vender" é por aí mesmo. Sejamos todos felizes. Sempre acreditando que felicidade também é estado de espírito, decisão pessoal e uma questão de atitude diante da vida.  Não se vende pacotes de felicidade por aí, ela nasce espontânea dentro de nós.

Mas voltemos, felizes,  ao nosso assunto: quem morre vira santo, anjo da guarda, estrelinha que pisca para nós lá céu e mais não sei o quê? A resposta é não. Ninguém que acaba de sair desse mundo, seja em que circunstância for, tem condições de imediatamente transformar-se num ser de luz e passar a tomar conta de quem quer que seja. 

Aquela ideia de que a pessoa acaba de morrer num trágico acidente e em seguida está nos mandando mensagem de conforto ou mesmo está "olhando por nós lá de cima" é, no mínimo, uma enganação. O transe da morte é muito parecido com o do nascimento. Muitos levam dias para perceber que estão num estágio diferente, principalmente aqueles que morrem de doenças graves.

Para aqueles cuja morte se dá de forma brusca há, a princípio, a negação ou uma confusão mental muito grande. Uma pessoa nesse estado não tem condições de ajudar a ninguém, pois, na verdade, quem está precisando de ajuda é ela. Portanto, ao invés de ficarmos tratando nossos mortos como nossos "empregadinhos" do além, o ideal é sempre lhes endereçar muito oração e luz para que eles compreendam o mais rápido possível a saída de um mundo e a chegada no outro.

É claro que as pessoas têm esse tipo de postura como forma de alento num momento de dor extrema. Quem não se sente melhor acreditando que seu pai, mãe, filho, filha, irmão, irmã, amigo, colega virou um anjo ou uma estrela que agora brilha no céu? Isso alivia o peito. Pensar assim é reconfortante. Só não se pode confundir as coisas.  Isso só acontece com espíritos muito evoluídos e esses nós sabemos que, infelizmente, ainda são passar pela terra.  A gente pode contar nos dedos e eles sempre deixam uma marca por onde passam.

Por isso, reze pelo seu ente querido que morreu e evite de fazer-lhe pedidos e ver nele(a) um santo (a) que passou a fazer milagres simplesmente porque teve encerrada a sua jornada pela terra.

Bom domingo