Pesquisar este blog

domingo, 2 de agosto de 2015

O amor mais fácil.

Resultado de imagem para imagens de amor fácilDesde sempre nós humanos estamos buscando comodidade. Por esse motivo muitas coisas foram inventadas: o carro, o telefone, o avião, a máquina de lavrar roupa, o computador são alguns exemplos. Todos têm por objetivos eliminar distâncias, esforço físico ou mental, poupar tempo e vai por aí.
Isso fez com que, para muitos, felicidade na vida seja possuir ou ter acesso a esses  inventos e usá-los no dia a dia. Há quem nem consiga imaginar como era a vida sem eles, tão importante se tornaram em suas vidas.
Até aí nada de mais, não é? Para que lavar a roupa no método tradicional se é muito mais fácil colocá-la na máquina e apertar um simples botão? Para que escrever cartas e esperar dias pela resposta, se podemos falar com a pessoa na hora? Ou por que viajar dias em um ônibus ou navio, se um avião economiza tempo e encurta distâncias?
Ninguém, tendo condições de comprar a máquina, viajar de avião, falar ao telefone com certeza não abriria mão desses confortos. Não há dúvida nenhuma nisso. O problema é essa coisa de estar sempre procurando viver pelo lado mais fácil e confortável. Isso nos tem levado também a estender essas facilidades ao terreno dos sentimentos. Passamos a querer vivenciar  somente os sentimentos mais fáceis.
Dessa forma, só amamos aqueles cujo amor seja mais fácil de conquistar. Se encontramos algum obstáculo, alguma resistência logo abandonamos aquele possível amor e partimos em busca do que não nos dê tanto trabalho, aquele amor que se troca juras no primeiro encontro, que não tem arestas para acertar, dúvidas ou diferenças.
Com isso, abrirmos mão de viver sentimentos fortes e verdadeiros, abrimos mão de nos conhecer melhor e conhecer aquelas pessoas a quem dizemos amar tanto.

Bom domingo.