Pesquisar este blog

sábado, 26 de novembro de 2011

A cada passo.

   Durante toda a nossa vida estamos em busca de nos espiritualizarmos. Trocando em miúdos, estamos aprendendo num esforço sem fim. Por mais que a gente negue isso, é um fato. E não é impossível duvidar que tem muita gente boa por aí que pensa que não e vive como se estivesse por aqui a passeio. Grande engano, pois desde que nascemos é esse o nosso objetivo maior. Nossa passagem aqui pela terra não se dá por outra razão que não seja a do nosso crescimento, aprimoramento e elevação espiritual. E isso acontece nas coisas mínimas, mesmo que não tenhamos nenhuma consciência disso. 
     A cada dia que nasce estamos ganhando uma nova chance para que esse aprendizado continue e possamos dar um passo a mais rumo ao conhecimento, para que possamos nos livrar, ainda que minimamente, da cegueira que a escuridão da ignorância nos provoca e ir adiante rumo à luz.
      Se por um lado, como já disse, alguns ignoram isso e parecem estar bem assim e sem nenhuma vontade de mudar, outros, por sua vez, já descobriram isso e partem para a busca dessa iluminação. Isso é algo extraordinário. No entanto, sabe aquela pessoa que esteve dormindo durante anos e que de repente acorda, descobre que perdeu muito tempo e resolve correr atrás do tempo perdido? Pois é. Muitos de nós se comportam assim. Depois de anos de letargia desperta para um mundo novo e acha que não pode mais perder tempo.
     Eu sei que você deve estar pensando: "Nada mais justo. Eu também reagiria assim."  Talvez eu até diria que você estaria coberto(a) de razão. Afinal de contas, já se perdeu muito tempo e não há mais o que esperar. Só que essa pressa pode nos levar a tomar caminhos que levam a lugar nenhum. Literalmente falando, nos leva a embarcar em verdadeiras canoas furadas. E o que não falta é gente por aí se oferecendo para ser o guia que vai apontar esses caminhos para você e transportá-lo (geralmente, sem que você faça muito esforço) para o paraíso. Por isso, é preciso muita cautela nessa hora para não cair em mãos dos charlatães de plantão. Eles estão sempre ávidos para encontrar pessoas desesperadas e despreparadas, prontas para acreditar em tudo.
    Lembre-se sempre que o melhor caminho é o do coração. O caminho que nós construimos dia a dia com nosso esforço e o suor de nosso rosto. E para isso precisamos, antes de qualquer coisa, tomar a decisão da busca, por-se em marcha com propósito firme e vontade fortes. Prontos para enfrentar os reveses e mesmo para desanimar muitas vezes diante dos maus exemplos constantes e das vantagens fáceis que aparecem. Nesse caso, respire fundo e retome a caminhada. A cada passo sentimos que o peso vai se aliviando e que nossas pisadas já não são tão doloridas. É hora de manter a fé e não perder de vista o grande objetivo: espiritualizar-se.