Pesquisar este blog

domingo, 1 de maio de 2016

Nossos antepassados.

A cada dia as famílias estão menores, Sãos muitas as que são compostas apenas por pai, mãe e filho(a). Isso quando não são formadas somente por mãe ou pai e filho(a). A maioria dirá que faz parte dos tempos difíceis (alguém ,por favor, pode me dizer quando é que eles foram fáceis) que vivemos e não se pode ter mais que um ou dois filhos. O outro motivo aventado seria que os casamentos não são tão "até que a morte nos separe" assim e isso sempre divide a família.
Seja lá como for, o fato é que raramente vemos famílias grandes constituídas de pai. mãe, filhos, tios, avós, bisavós e por aí vai. Apesar de, estatisticamente, estarmos vivendo mais, muitos não chegam a conhecer nem seus avós, bisavós então nem se fala. A família está mesmo reduzida. Pena, não é? Quem tem família grande sabe do prazer que é a convivência, a troca de experiências, afeto e carinho. 
Por outro lado, não é pelo fato de não conhecermos nossos avós, bisavós, tataravós que eles não existiram e não façam parte da nossa vida. Fazem e muito mais que nós sequer possamos imaginar. Além de fazer parte de nossas vidas, nós devemos tudo a eles. É por causa deles que estamos aqui hoje, foram eles que começaram tudo. Eles plantaram as primeiras sementes e prepararam o terreno para que nós pudéssemos chegar aqui.
Por isso, devemos ser agradecidos a eles. Todos os dias de nossas vidas devemos dizer um "obrigado" por tudo o que fizeram por nós sejam nossos conhecidos ou não, tenhamos convido com eles ou não; É muito importante estar em paz com os nossos antepassados. Isso reflete diretamente em nossas vidas, na nossa saúde e nosso bem estar. 
Para isso não é necessário nada especial. Basta agradecer pessoalmente (para os vivos) e mentalmente (para os mortos) todos os dias e mandar-lhes uma vibração de carinho e amor onde quer que eles estejam. Para aqueles cujos o relacionamento com os antepassados foi ou é difícil, o perdão é o melhor caminho para a paz e o agradecimento ganha mais força e verdade. 

Paz para todos.