Pesquisar este blog

domingo, 29 de novembro de 2015

Dupla humilhação

Resultado de imagem para imagem de atores negros brasileiros juntos

Temos vivido nos últimos tempos muitas manifestações de preconceito racial contra negros. No Brasil, preconceito racial é sempre contra negros. As novelas de televisão  com todas as suas boas intenções de praxe fazem questão de incutir isso na cabeça da população.

A cena é típica: o ator ou atriz, branco como a neve, desfaz de um negro ou mulato demonstrando que ele ou ela é um ser menor porque é negro ou negra.

Antigamente a cena acabava com negro humilhado, de cabeça baixa, chorando para uma câmera que não fazia questão de enquadra-lo. Mais importante era mostrar a saída de cena do personagem branco pisando firme e cheio de razão.

Agora, não sei se para o bem ou para o mal, temos a lei que criminaliza aquele ou aquela que ofender alguém com base em sua cor ou raça. Por isso, a cena termina com o agressor sendo preso.

São cenas dignas de pena. Os autores de novela parecem que são forçados a escrever tal desfecho e fica claro que preferiam terminar a cena da forma antiga. Ou seja, com o negro humilhado chorando numa senzala imunda.

Até quando vamos viver isso? Os atores negros vão ser sempre humilhados em cena por causa da cor da pele? Porque, afinal de contas, a cor do personagem também é a cor do ator. Não se pode separar as coisas. Quando o ator ou a atriz ouve os xingamentos para sua personagem, eles também são dirigidos a ele/ela. Não fosse isso verdade, a cena não precisava existir.

Portanto, autores de novelas, criem personagens negros em que suas histórias não precisem passar necessariamente pela cor da pele. Até parece que o Brasil é um país de brancos e que os negros aqui são meros intrusos. Está na hora de mudar isso ou simplesmente assumam que não querem negros em suas novelas.

 

bom domingo.