Pesquisar este blog

sábado, 6 de maio de 2017

Amizade e popularidade virtuais.

Resultado de imagem para imagem  amizade e popularidade virtuaisJá faz algum tempo que Roberto Carlos fez sucesso com aquela música onde dizia que queria ter um milhão de amigos. Com o advento da internet facilitou a vida de muita gente e ter um "milhão de amigos" deixou de ser um sonho distante. Há quem tenha muito mais. No entanto, uma dúvida ainda permanece no ar: as chamadas amizades virtuais podem ser consideradas mesmo como amizades verdadeiras?
Têm pessoas que juram que sim. Essas amizades são de fato verdadeiras e em nada diferem das ditas "amizades reais", aquelas que a gente faz por força mesmo do convívio, em consequência de nossa vida social ou por afinidades. 
Outros, porém, acreditam que não passam de pura fantasia, o "faz de contas" de nossos tempos de criança. Através de um click você convida pessoas conhecidas ou desconhecidas para fazerem parte de seu grupo de amigos. Caso ela aceite, está firmada a amizade que pode durar indefinidamente ou ser deletada a qualquer momento e através de um outro simples "click".
O relacionamento poderá ser de intensos "likes" e "comments" ou ser apenas para constar. Aqueles que fazem parte apenas decorativa para somar os tais "um milhão de amigos" que o Roberto Carlos cantou em sua música anos atrás. 
Como sabemos, mesmo na vida virtual, não é fácil encontrar um milhão de amigos e para isso é preciso abrir mão do bom senso e sair aceitando pedidos de amizade de desconhecidos ou convidando pessoas as quais você jamais teria qualquer tipo de relação no mundo real. Pessoas que você, muitas vezes, encontra na rua e nem recorda que elas fazem parte de seu grupo de amigos virtuais. Aqueles que você ostenta com tanto orgulho, mas dos quais você não sabe nada e, parece, nem quer saber.
A única coisa que interessa é mostrar para todos que você tem milhares de amigos, centenas de seguidores e não sei quantas curtidas. Pouco importa de onde elas vêm. Vale tudo para ter um milhão de amigos. Além disso, é preciso superar aqueles seus amigos reias que saíram na frente e contam com muito mais amigos virtuais que você.  Não se pode ficar para trás e nem você está disposto a pagar esse mico. Nem fica bem para sua reputação e para sua, é claro, popularidade.
Aliás, esse é o grande objetivo de todos: ser popular. Os tais quinze de muitos de fama a que todos teriam direito no futuro segundo aquele filósofo moderno foram estendidos e todos querem ficar na frente dos holofotes para sempre. Ainda que seja virtualmente.

bom final de semana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário