Pesquisar este blog

sábado, 19 de março de 2016

O dilema de Maria.

Resultado de imagem para imagem de pessoa timidaMaria sempre foi uma pessoa solitária. Para começo de conversa, ela é filha única. Além disso, ela nasceu quando seus pais, casados há mais de quinze anos, já não pensavam mais em ter filhos. Foi um susto quando sua mãe descobriu que estava grávida,  Um susto e uma grande alegria, é preciso que se diga. Alegria essa que, de certa forma, acabou por sufocar Maria, pois sua mãe ( e o pai também) só faltava adivinhar as suas vontades.
Assim ela cresceu. Em casa, sempre ela e os pais; na escola, sempre calada no seu canto. Agora, por volta dos vinte e poucos anos, Maria quer muito conhecer pessoas, fazer amigos e, quem sabe, conseguir um namorado. 
Por isso ela resolveu enfrentar a sua timidez e anda tentando falar com as pessoas que encontra nos lugares que frequenta.  Mas ela tem encontrado muita dificuldade. Por um lado, é claro, por causa de sua timidez que a impede de estabelecer uma conversa longa ou de expressar suas opiniões. Por outro lado, porque ela andou descobrindo uma coisa que a deixou muito assustada.
Maria descobriu que, para conseguir fazer amigos, terá que mudar o seu jeito de ser. Foi uma colega de trabalho que falou isso para ela:
- Se você quiser fazer amigos, Maria, terá que deixar essa timidez de lado. Ninguém gosta de pessoas tímidas. Calada e quieta desse jeito, você nunca vai fazer amigos.
- Nem você vai querer ser minha amiga? - ela, timidamente, perguntou para a colega.
- Nem eu. - respondeu a colega, secamente.
Desde esse dia Maria não tem pensado em outra coisa: para ter amigos ela vai ter que mudar. E em sua cabeça isso significa virar outra pessoa, deixar de ser quem ela é. Essa descoberta foi muito dura para Maria. Ela não quer deixar de ser quem é e ao mesmo tempo não aguenta mais viver sozinha sem amigos, sem namorado.
E agora? O que Maria faz? .Muda e vira outra pessoa ou aceita viver sozinha para sempre? Vamos lá, minha gente. Vamos ajudar a Maria. Ela está precisando muito que vocês a ajudem dando-lhe algum conselho. Alguém se habilita?

Bom fim de semana.


Nenhum comentário:

Postar um comentário