Pesquisar este blog

agosto 09, 2014

Você é comprometido (a) ?

     Não precisa se espantar.  Calma. Esta não é uma cantada.  Nem eu estou querendo saber se você ou não numa relação estável no momento. O que eu estou querendo saber passa muito longe disso. É se você é uma pessoa comprometida com algum tipo de ideologia ou se é uma pessoa livre de amarras.
    Parece papo de louco, mas não é. Cada vez mais as pessoas estão aderindo a esse ou aquele movimento em nome de uma participação maior na vida social, política ou cultural de onde vive. Falando assim, parece algo bastante bem-vindo, não é? Poderia ser, se esse engajamento fosse mais consciente e não estreitasse tanto a visão das pessoas e as levasse a viver segregadas em guetos onde só são aceitos aqueles que pensam da mesma maneira.
   Muita gente ao aderir a determinada corrente de pensamento ou modo de vida, passa a desconsiderar qualquer outra visão tornando-se intolerante aos que vivem e pensam de maneira diferente. É  a isso que eu chamo de ser "comprometido(a)". Fato que vem se tornando cada vez mais comum em nossa sociedade e acontece em diversos setores: na religião, na politica, no sexo etc.
    Cada vez mais as pessoas têm se agrupado acreditando assim estarem mais fortes e protegidas. Tudo bem. a união faz a força, alguém já disse. Mas não podemos agir acreditando que vivemos num mundo em que as pessoas devam viver em trincheiras atacando umas as outras com  vemos na política: de um lado petistas e do ouro psdbistas. Os petistas achando que tudo vai bem e os psdebistas achando que tudo vai mal e que só eles podem consertar.
    Nas nossas vidas isso também ocorre. Somos comprometidos a partir do momento em que deixamos de ter uma visão das coisas livre de amarras e aceitamos ter uma visão que não é nossa. Pensamos com os outros, seguimos essa ou aquela tendência até mesmo por comodismo ou preguiça de pensar.
     Eu vejo esse tipo coisa toda vez que peço uma opinião sincera sobre algum assunto. As pessoas  não se sentem muito à vontade para expressar seu real pensamento. Todo mundo morre de medo de falar algo que não esteja dentro de uma corrente, de um modo de pensar. digamos, conhecido e aceito.
     Será isso uma herança desse tal de "pensamento politicamente correto"? Essa máscara que se criou e que todos vestem para não sair mal na foto. Isso, no mínimo, nos deixa todos com cara de produtos em série. Ficamos todos com a mesma cara e o mesmo conteúdo. Somos comprometidos com as mesmas causas, os mesmos ideais sem que consigamos pensar no alcance de tudo isso.
E isso é bom? Tenho a leve impressão que não. Comprometimento sim, mas com as coisas nas quais acreditamos de verdade e que nascem do nosso íntimo. Não como "vaquinhas de presépio.".

Bom domingo!

Um comentário:

  1. E SE COM ESTE CANAL PUDER SURGIR A IDEIA DE SE CRIAR UM CANAL DE CONTOS COM METAFORAS?

    https://soundcloud.com/jacinta-luz/filho-perodigowav

    TALVEZ EDIFICASSE A MUITOS SEM IR DIRETO A FALAR NOMES DE PESSOAS OU ORGANIZAÇOES

    meu e-mail é: sosdeusa@gmail.com - http://sosgousa.blogspot.pt/

    ResponderExcluir